Imprimir

Ônibus a hidrogênio passam a integrar frota paulista

Ligado . Publicado em Mobilidade . Acessos: 1215

10649

Três ônibus movidos a hidrogênio foram colocados em circulação nesta segunda-feira, 15 de junho, em São Paulo. No evento de entrega dos carros, em São Bernardo do Campo (SP), inaugurou-se também uma estação de produção de hidrogênio para abastecimento dos veículos.

A novidade, já presente nos Estados Unidos, Canadá e Alemanha, é desenvolvida com tecnologia brasileira, mediante parceria de diversas empresas, com a coordenação nacional do PnuD, direção do Ministério das Minas e Energia (MME) e recursos do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF) e da Agência Brasileira de Inovação (FINEP). Segundo o MME, os veículos ajudam a impulsionar o desenvolvimento da nova economia no país.

O projeto teve início em dezembro de 2010, quando o primeiro protótipo passou a ser operado comercialmente no corredor metropolitano São Mateus-Jabaquara (ABD) com resultados positivos.

A nova frota, vinculada à Secretaria dos Transportes Metropolitanos de São Paulo, com a coordenação da EMTU/SP, circulará também no trecho Diadema/Morumbi, do Corredor São Mateus-Jabaquara (ABD).

Tecnologia nacional
O desenvolvimento da tecnologia de veículos de propulsão livre de emissão de poluentes ainda é processo restrito a um grupo seleto de países, que inclui a Alemanha, o Canadá, os Estados Unidos e, agora, o Brasil. Isso coloca o país em uma posição de destaque mundial na área.

Sua principal característica é a eliminação apenas de vapor d’água pelo escapamento, ao invés de poluentes como o óleo diesel.

Os ônibus inaugurados, além da alta tecnologia, representam a preocupação com o meio ambiente e, não por acaso, trazem uma homenagem à fauna brasileira com a estampa de três pássaros nacionais no seu exterior: o Ararajuba, o Sabiá-Laranjeira e o Tuiuiú.

Fonte:

Redação
EcoD


Fonte: Portal da Sustentabilidade.

ALERJ

DMC Firewall is a Joomla Security extension!