Imprimir

TVs descartadas de maneira incorreta pode ocasionar danos ao ambiente

Ligado . Publicado em Lixo & Reciclagem . Acessos: 991

Em 2004, uma TV de Plasma de 42' polegadas custava, cerca de 20 mil reais, simplesmente um luxo, mesmo que não existe TV Digital no Brasil; neste período a moda era ter uma TV de Tubo de 29 polegadas ou então uma TV de Tela plana e entradas componentes.

Porém em dezembro de 2007 chegou ao Brasil a TV Digital, que também era um artigo de luxo, com o passar do tempos em 2008,2009,2010, as grandes lojas varejistas, como Casas Bahia, Ponto Frio, Insinuante (atual Ricardo Eletro), começaram a abaixar os preços da TV Digital, (monitores de Plasma, LCD e LED), com isso os televisores de tubo foram ficando obsoletos e deixado de lado por se tornar um aparelho ultrapassado.

A TV Digital já é uma realidade pelo menos nas grandes capitais brasileiras e muita gente já possui pelo menos uma Tela de Plasma, LCD ou LED em suas casas, em contrapartida ainda existem muitos televisores de tubo funcionando por ai, transmitindo o sinal análogico mas o problema não é esse e sim quando uma TV de Tubo estraga ou simplesmente é descartada por causa da troca de televisores mais modernos.

Muitas destas TVs de Tubo que fizeram parte da sua familia durante muitos anos são jogadas no lixo como se fosse algo normal e acaba prejudicando o meio ambiente pois estes tipos de produtos contem substâncias tóxicas em sua composição, como chumbo, cádmio, mercúrio, berílio, etc. Se depositados em qualquer local e sem os cuidados específicos, podem causar sérios danos ao meio ambiente, como a contaminação dos lençóis freáticos e, eventualmente, à saúde da população que vive nas proximidades.

Além disto, estes os televisores são compostos por grande quantidade de plástico, vidros e metais, materiais que levam muito tempo para se decomporem no solo.

O certo seria procurar o um centro de reciclagem próprio para isso, porém o processo é demorado, mas também existem empresas que recolhem E-Lixo (lixo eletronico) na sua casa como por exemplo as cooperativas PCVida, E-LixoRJ entre outras

Porém ainda há outra opções para se usar uma TV antiga , como por exemplo, como um monitor para uma central de segurança, caso precise de uma TV e não queira investir em uma tela moderna para deixar na sua empresa, dar pra uma pessoa com menos condições ou então comprar um conversor digital para esta TV e colocar em canto de sua casa, como no quintal, onde você faz um churrasco por exemplo ou vender para algum técnico de eletrônica para retirar peças, mesmo que quase não se faça isso hoje em dia, mas podem existir peças destas TV que podem virar outro aparelho ou objeto eletrônico.

Mas estas ideias, não valem somente para TV de Tubo, mas também para estas TVs Modernas que acabam tendo algum tipo de defeito, porém se não houver jeito mesmo, caso a TV pegue fogo ou quebre a tela, entre em curto circuito procure um centro de reciclagem e descarte corretamente.


Fonte: Tvs do RJ.

ALERJ

Our website is protected by DMC Firewall!