Imprimir

Eu protejo o boto

Ligado . Publicado em Cidadania Ambiental . Acessos: 1320

10537

O governo brasileiro decretou uma moratória para a comercialização da piracatinga, cuja pesca é a principal responsável pela caça ilegal do boto cor-de-rosa. Agora, é a vez de a Colômbia, principal destino da piracatinga, ajudar a salvar o boto.

Pedimos às autoridades colombianas que, assim como o Brasil, tomem medidas para proteger esse animal e detenha o comércio da piracatinga.

Vamos deter a matança de botos

À Excelentíssima Senhora

María Ángela Holguín Cuellar
Ministra Colombiana de Relaciones Exteriores

O icônico boto cor-de-rosa (Inia geoffrensis), cetáceo que povoa os rios da bacia amazônica, está ameaçado. Caçado e morto de forma cruel, sua população está se reduzindo a uma taxa de 10% ao ano.

Isso acontece porque a carne do boto está sendo utilizada como isca para pescar o bagre piracatinga, um peixe exportado principalmente para Colômbia e vendido enganosamente como capaz ou capacete – uma outra espécie. Sem saber, o consumidor colombiano está promovendo indiretamente a matança de botos na Amazônia.

O governo brasileiro deu o primeiro passo para colocar fim à caça ilegal de botos. A partir de janeiro de 2015, a pesca e a comercialização da piracatinga está proibida por cinco anos em todo o território brasileiro.

Mas sabemos que isso não é suficiente e que esse peixe pode continuar sendo vendido ilegalmente para a Colômbia, país que respondeu ao pedido de milhares de latino-americanos e tem demonstrado interesse em colaborar com uma solução a este problema.

Valorizamos a iniciativa do governo colombiano ao mesmo tempo que necessitamos maior compromisso e resultados. Por isso, assino essa petição para pedir a Vossa Excelência, na condição de Ministra de Relações Exteriores, que tome medidas urgentes para proibir o ingresso e comercialização da piracatinga em seu território.

Quanto antes isso acontecer, mais vidas de botos poderemos salvar na Amazônia. Apoie o fim da crueldade contra o boto rosa detendo a comercialização da piracatinga na Colômbia.

 

Fonte: World Animal Protection.

ALERJ

DMC Firewall is developed by Dean Marshall Consultancy Ltd