Imprimir

Vereador Andrea Matarazzo e outros: Aprovem incentivos fiscais para construções sustentáveis em SP

Ligado . Publicado em Cidadania Ambiental . Acessos: 1838

10482

por gustavo siciliano

São paulo - A crise da água é grave, não há mais dúvida. Porém, tanto o governo de São Paulo quanto a Prefeitura estão agindo muito lentamente! Sou engenheiro e sei que para produzir edifícios mais ecológicos, é preciso incentivo para isso. É preciso olhar além da disputa política e pensar em soluções a médio e longo prazo.

Peço a aprovação do projeto de lei (nº 0047/2013) que cria o IPTU Verde, que foi apresentado na Câmara dos Vereadores de SP mas ainda não foi votado. Assine a petição e ajude a São Paulo a adotar um modelo de gestão e crescimento sustentáveis.

Um dos maiores problemas da crise da água é que São Paulo tem uma área imensa impermeabilizada com asfalto, com rios canalizados. Isso faz com que a água da chuva escoe para o esgoto, ao invés de ir parar nas nascentes e no lençol freático.

Assine e ajude a pedir a aprovação do projeto de lei do IPTU Verde. Com essa medida, tanto pequenas quanto grandes construções terão incentivos para fazerem obras mais sutentáveis na cidade. Veja a proposta para descontos no IPTU:

  1. Sistema de coleta e aproveitamento de água da chuva.
  2. Manutenção de área verde mínima
  3. Área interna com aproveitamento de iluminação natural.
  4. Uso de material sustentável ou reciclado na construção.
  5. Aquecimento e resfriamento da água por métodos ecológicos.
  6. Produção de energia por fonte natural própria.
  7. Incentivo à mobilidade sustentável (ex. instalação de bicicletário).

CARTA PARA

Vereador Andrea Matarazzo
Vereador Alfredinho
Vereador Arselino Tatto
e 12 outros


Coloquem urgentemente o Projeto de Lei 0047/2013 (IPTU Verde) em votação. São Paulo precisa adotar um modelo de gestão e crescimento sustentáveis. Nos ajude, enviando para votação e lutando pela aprovação do projeto de lei do IPTU Verde. Com essa medida, tanto pequenas quanto grandes construções terão incentivos para fazerem obras mais sutentáveis na cidade.

Um dos maiores problemas da crise da água é que São Paulo tem uma área imensa impermeabilizada com asfalto, com rios canalizados. Isso faz com que a água da chuva escoe para o esgoto, ao invés de ir parar nas nascentes e no lençol freático. Essas medidas irão ajudar a tornar São Paulo uma cidade mais ambientalmente correta e mais preparada para enfrentar a crise da água.


Fonte: Change.org.

ALERJ

Our website is protected by DMC Firewall!